FUNDAFFEMG - Fundação AFFEMG de Assistência e Saúde

Doenças Sexualmente Transmissíveis

As doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) são contraídas a partir do ato sexual sem camisinha. As mais comuns são Aids, sífilis, gonorreia, herpes, HPV e clamídia. Elas podem afetar, igualmente, homens e mulheres com vida sexual ativa, e o risco aumenta com a troca frequente de parceiros. As DSTs podem ser provocadas por vírus, bactérias ou fungos, por isso, os tratamentos são diversificados.

Prostatite

A prostatite é uma inflamação que provoca o crescimento anormal da próstata, gerando desconforto, dor e obstrução da urina. Em geral, o problema é originado por uma bactéria, mas também pode ser relacionado a um vírus, fungo ou outros agentes.

Novembro Azul

A campanha Novembro Azul é um movimento de prevenção ao câncer de próstata e preservação da saúde do homem. A ação começou a ser realizada, no Brasil, em 2012, pelo Instituto Lado a Lado Pela Vida, com o objetivo principal de quebrar a resistência dos homens em relação às consultas médicas, e, assim, estimular a realização dos exames preventivos, essenciais para diagnosticar doenças em fase inicial.

 

Candidíase

 O crescimento excessivo do fungo Candida (também chamado Monília), no organismo, provoca uma infecção denominada Candidíase ou Monolíase Vaginal. Tal irritação pode ser ocasionada pelo enfraquecimento do sistema imunológico ou pelo uso de alguns antibióticos.

..

Outubro Rosa na FUNDAFFEMG


 

 A campanha do Outubro Rosa é realizada anualmente, em todo o mundo, com o objetivo de chamar a atenção, principalmente das mulheres, para a realidade do câncer de mama e da importância de seu diagnóstico precoce. O nome refere-se ao laço rosa que representa a luta e proteção contra o segundo câncer mais comum na população feminina. Além de estimular a realização da mamografia, a campanha busca valorizar toda a saúde da mulher.

 

CÂNCER DE MAMA

O câncer de mama é resultado de um crescimento desordenado das células do tecido mamário. Acumuladas, essas células formam um tumor, que pode ser maligno ou benigno. Os tumores malignos são compostos por células agressivas, que possuem uma alteração genética em relação às outras, enquanto os benignos são apenas uma massa de células que se multiplicam devagar e se parecem com o tecido original do organismo, raramente trazendo perigo.

Este tipo de câncer é o segundo mais frequente nas mulheres, atrás apenas dos tumores de pele. Apesar de raro, sendo apenas 1% do total de casos, o câncer de mama também atinge a população masculina. Se não forem tratados a tempo, os tumores malignos podem se espalhar para outras partes do corpo, comprometendo o funcionamento do organismo.

As causas do câncer são genéticas, e ainda não se sabe, ao certo, quais fatores externos ao corpo podem provocar o surgimento dos tumores. Porém, em alguns casos, o câncer aparece por um transtorno celular hereditário. Então, se tiver uma ocorrência na sua família, fique alerta e faça os exames com mais frequência.

O tratamento pode variar de acordo com cada caso. Em geral, é feita a cirurgia para a remoção do tumor e o tratamento químico – quimioterapia ou radioterapia. Dependendo da situação, o médico pode indicar a remoção parcial ou completa da mama.

 

AUTOEXAME

Muitas vezes, as mulheres detectam os nódulos ao apalpar os próprios seios. Este processo deve ser feito de três formas: em pé, de frente a um espelho e deitada. Primeiro, é preciso observar o formato do seios: analisar se os mamilos conservam a mesma forma e atentar-se para inchaços, secreções e vermelhidão constante.

Durante o banho, com o braço direito para trás do pescoço, faça movimentos circulares e de cima para baixo com a mão esquerda na mama direita. Apalpe com a ponta dos dedos, que precisam estar juntos. Em seguida, realize o processo na outra mama. Deitada, coloque uma almofada debaixo do ombro o faça o mesmo procedimento. Observe também a área das axilas.

Se um caroço for identificado, procure um ginecologista com urgência. A realização frequente do autoexame é muito importante na descoberta precoce do câncer e, assim, no sucesso do tratamento.

 

 

MAMOGRAFIA

A mamografia é um exame radiográfico das mamas, dando a possibilidade de detectar um tumor no interior do tecido. Ela é fundamental para a descoberta precoce do câncer, pois é capaz de mostrar nódulos e calcificações antes mesmo de ser possível a identificação por meio da palpação. É recomendado que o exame seja feito anualmente, após os 40 anos de idade. Se houver histórico de câncer de mama na família, a mamografia deve ser feita a partir dos 30 anos.

Então, tenha sempre em mente que a descoberta precoce do câncer de mama é vital. Faça o autoexame uma vez ao mês e consulte o ginecologista frequentemente.

 

Informações retiradas do site outubrorosa.org.br.

 

AÇÃO DA FUNDAFFEMG

Entre os dias 02/10 e 30/11, a FUNDAFFEMG realiza, em Belo Horizonte, a Campanha VOCÊ É DO TAMANHO DO SEU SONHO. Com palestras, oficinas e consultas médicas no Centro de Promoção à Saúde (CPS – FUNDAFFEMG), a ação visa a preservação da saúde da mulher e do homem.

A campanha faz parte das mobilizações nacionais Outubro Rosa e Novembro Azul, de prevenção aos cânceres de mama e de próstata, respectivamente. Pensando na saúde geral do corpo, o que é de extrema importância na prevenção e no tratamento de qualquer doença, contaremos, neste período, com consultas sem coparticipação a ginecologista, urologista, cardiologista, dermatologista, mastologista e ortopedista, para os beneficiários acima de 18 anos. Agende o seu atendimento no CPS pelo telefone (31) 2103-5815, e confira o cronograma de atividades!

 

..........................................................................................................................................
 [volta página anterior]
 
 
Receba nosso

Boletim Eletrônico


.............................................................................................................................................................................................
FUNDAFFEMG   |   Rua Sergipe, 893   .   Funcionários   .   30130-171   .   BH/MG   .   Tel (31) 2103-5858   .   Fax (31) 2103-5890