FUNDAFFEMG - Fundação AFFEMG de Assistência e Saúde

Proteção contra a gripe

  

A FUNDAFFEMG promove anualmente uma Campanha de Vacinação contra a gripe para os beneficiários. Em 2018, a ação foi realizada entre os dias 23 e 27 de abril em 32 cidades mineiras. A vacina oferecida foi a quadrivalente e, ao todo, 5.708 beneficiários foram imunizados.

 

Guia de Contingência: quando utilizar?

 

O documento possibilita que os profissionais da saúde atendam mesmo em caso de interrupção temporária das trocas eletrônicas feitas entre conveniados e as operadoras.

 

Como funciona o credenciamento de Prestadores?

 

O credenciamento de prestadores que atenderão pelo Plano FUNDAFFEMG-Saúde é feito a partir da análise da atual rede credenciada e identificação das necessidades. Para garantir a qualidade dos serviços, alguns critérios são levados em consideração na seleção.

 

 

 CPS: atendimento completo para você

A FUNDAFFEMG possui três Centros de Promoção da Saúde (CPS) onde os beneficiários podem agendar consultas em várias especialidades. Modernas e confortáveis, suas instalações contam com uma equipe de profissionais que atua de forma integrada para entender as necessidades e os fatores de risco de cada paciente e oferecer tratamentos completos.

..

Doença de Crohn


Caracterizada como uma doença inflamatória crônica que prejudica o sistema digestivo, a Doença de Crohn afeta, principalmente, a parte inferior do intestino delgado, também conhecida como íleo terminal, e o cólon (intestino grosso). Essa enfermidade pode comprometer todas as camadas da parede intestinal.

Fatores genéticos, infecciosos ou ambientais podem provocar essa condição, entretanto, as verdadeiras causas são desconhecidas. Apesar de se manifestar igualmente em homens e mulheres de qualquer idade, geralmente, pessoas entre 20 e 40 anos são as mais afetadas, com maior incidência entre os fumantes.

SINTOMAS
Os sintomas da doença de Crohn variam de acordo com o grau de gravidade – leve, moderado ou grave. Uma pessoa atingida por essa patologia pode apresentar diarreia, cólica abdominal, febre e sangramento nas fezes. Ela também pode ter perda de peso e de apetite, além do enfraquecimento pela falta de nutrientes.
O paciente pode apresentar, ainda, dores nas articulações, feridas na boca (aftas), inflamações nos olhos (uveíte), fissuras na pele, pedras nos rins e na vesícula. Em crianças, a doença pode acarretar atraso no crescimento e atrapalhar o desenvolvimento sexual.

DIAGNÓSTICO
O gastroenterologista ou enterólogo é o profissional capacitado para identificar a enfermidade. O diagnóstico é feito por exames clínicos e de sangue. O médico pode, ainda, levantar o histórico familiar e solicitar uma colonoscopia, exame que avalia o interior do cólon. A endoscopia digestiva também é uma análise capaz de detectar a Doença de Crohn, além da tomografia, da ressonância magnética e do enema opaco (raio X do trânsito intestinal).

TRATAMENTO
A Doença de Crohn não tem cura, mas o tratamento é feito de acordo com cada fase da enfermidade. Ele é realizado por meio de medicamentos capazes de regredir o processo inflamatório no intestino, aliviando os sintomas e prevenindo a reincidência deles. Além disso, o médico pode corrigir deficiências nutricionais e, nos casos mais graves, indicar a cirurgia.

Informações retiradas do site minutosaudavel.com.br
 

..........................................................................................................................................
 [volta página anterior]
 
 
Receba nosso

Boletim Eletrônico


.............................................................................................................................................................................................
Rua Sergipe, 893 . Savassi - BH/MG - CEP:30130-171 . Telefone (31)2103-5858