FUNDAFFEMG - Fundação AFFEMG de Assistência e Saúde

Promoção da saúde com o SEMPRE

No dia 27 de outubro, em Belo Horizonte e Juiz de Fora, 327 beneficiários, entre pais e filhos, participaram de mais um evento do Programa Educando para a Saúde, iniciativa do Serviço de Medicina Preventiva (SEMPRE-FUNDAFFEMG). Por meio de atividades lúdicas, os participantes tiveram acesso a informações para manter sua saúde em dia, que destacaram a importância de ter uma alimentação balanceada e praticar atividades físicas. O projeto é uma das frentes de atuação do SEMPRE, que possui diversas outras iniciativas de promoção da saúde. 

Faça sua parte na luta contra o sarampo

Nos últimos meses, o Brasil tem registrado um número cada vez maior de casos de uma doença até então erradicada no país, o sarampo. Segundo o Ministério da Saúde, até dezembro de 2018 foram registrados mais de 10 mil casos, principalmente nos Estados do Amazonas e Roraima. O dado preocupa tanto porque já houve registros dos primeiros casos no Sudeste quanto porque o sarampo é altamente contagioso e pode ser perigoso à saúde: transmitido pela tosse, espirro, fala ou respiração, pode causar complicações, principalmente em gestantes, bebês e pessoas desnutridas. 

Volta às aulas com saúde

Tudo preparado para a volta às aulas, em fevereiro? Se você acredita que é necessário se preocupar apenas com a matrícula e os materiais escolares e uniformes, saiba que é possível fazer mais. Os pais têm papel crucial na adaptação de seus filhos para o retorno à rotina, por meio da adoção de medidas simples. 

Diagnóstico precoce é a melhor arma contra o câncer de próstata

O câncer de próstata é uma doença silenciosa e, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), há estimativa de 68.220 novos casos registrados no Brasil em 2018. É o tipo de câncer mais incidente nos homens, após o câncer de pele não melanoma, em todas as regiões do país. O desafio no combate à doença é garantir que o homem descubra o problema precocemente, o que aumenta as chances de cura, de acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU). Em entrevista, o urologista Dr. Lucas Nogueira, que atende no Centro de Promoção da Saúde (CPS) de Belo Horizonte, fala sobre a doença e repassa algumas orientações aos beneficiários. 

..

Para estimular a memória 


Beneficiários com mais de 50 anos podem participar da Oficina da Memória e do Grupo Rememorar. Os encontros trabalham temas como memória, percepção, criatividade, concentração e raciocínio lógico. 

Estudos científicos comprovam que o declínio mental decorrente do avanço da idade pode ser evitado ou minimizado quando o idoso mantém o cérebro ativo por meio de exercícios mentais que estimulam a memória, a percepção, a criatividade, a concentração e o raciocínio lógico. Pensando nisso, a FUNDAFFEMG criou o projeto Oficina da Memória.

Por meio da iniciativa, beneficiários do Plano que possuem mais de 50 anos podem participar de encontros ministrados pelas psicólogas Eliane Pellegrino e Denise Dutra. Os temas trabalhados em exercícios são: atenção, concentração, percepção, memória, visualização, imaginação, expressão corporal e verbal, raciocínio lógico e estimulação visual-espacial.

Em 2018, a Oficina da Memória acontecerá nos dias 7, 14, 21 e 28 de março, na sede da FUNDAFFEMG. Desde o ano passado, o projeto ganhou uma novidade: o Grupo Rememorar. Funciona assim: quem participa da Oficina da Memória ganha o direito de integrar a turma que se reúne mensalmente para fazer exercícios mentais, jogar, visitar museus e exposições e assistir a filmes. Após as atividades, os participantes são estimulados a lembrar o que aconteceu em cada um dos encontros. Neste ano, o projeto acontecerá em Belo Horizonte e em Juiz de Fora, e estão programadas a realização de uma gincana, visitas a museus e a uma instituição que atende crianças carentes e exibição de filmes. Fique atento aos nossos canais de comunicação para saber as datas.

“Pesquisas mostram que pessoas que vivem isoladas correm um risco maior de desenvolver depressão e doenças como Alzheimer. A Oficina da Memória e o Grupo Rememorar, além de estimularem o cérebro, são oportunidades para que os idosos ampliem o convívio social”, explica a neurologista do Centro de Prevenção da Saúde (CPS-FUNDAFFEMG), Dra. Danielle Henrique Gherardi Rodrigues. As turmas da Oficina já estão fechadas em 2018. Caso você queira se inscrever nas próximas, basta ligar para a FUNDAFFEMG e deixar o seu nome na lista de espera.

 

..........................................................................................................................................
 [volta página anterior]
 
 
Receba nosso

Boletim Eletrônico


.............................................................................................................................................................................................
Rua Sergipe, 893 . Savassi - BH/MG - CEP:30130-171 . Telefone (31)2103-5858