FUNDAFFEMG - Fundação AFFEMG de Assistência e Saúde

Promoção da saúde com o SEMPRE

No dia 27 de outubro, em Belo Horizonte e Juiz de Fora, 327 beneficiários, entre pais e filhos, participaram de mais um evento do Programa Educando para a Saúde, iniciativa do Serviço de Medicina Preventiva (SEMPRE-FUNDAFFEMG). Por meio de atividades lúdicas, os participantes tiveram acesso a informações para manter sua saúde em dia, que destacaram a importância de ter uma alimentação balanceada e praticar atividades físicas. O projeto é uma das frentes de atuação do SEMPRE, que possui diversas outras iniciativas de promoção da saúde. 

Faça sua parte na luta contra o sarampo

Nos últimos meses, o Brasil tem registrado um número cada vez maior de casos de uma doença até então erradicada no país, o sarampo. Segundo o Ministério da Saúde, até dezembro de 2018 foram registrados mais de 10 mil casos, principalmente nos Estados do Amazonas e Roraima. O dado preocupa tanto porque já houve registros dos primeiros casos no Sudeste quanto porque o sarampo é altamente contagioso e pode ser perigoso à saúde: transmitido pela tosse, espirro, fala ou respiração, pode causar complicações, principalmente em gestantes, bebês e pessoas desnutridas. 

Volta às aulas com saúde

Tudo preparado para a volta às aulas, em fevereiro? Se você acredita que é necessário se preocupar apenas com a matrícula e os materiais escolares e uniformes, saiba que é possível fazer mais. Os pais têm papel crucial na adaptação de seus filhos para o retorno à rotina, por meio da adoção de medidas simples. 

Diagnóstico precoce é a melhor arma contra o câncer de próstata

O câncer de próstata é uma doença silenciosa e, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), há estimativa de 68.220 novos casos registrados no Brasil em 2018. É o tipo de câncer mais incidente nos homens, após o câncer de pele não melanoma, em todas as regiões do país. O desafio no combate à doença é garantir que o homem descubra o problema precocemente, o que aumenta as chances de cura, de acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU). Em entrevista, o urologista Dr. Lucas Nogueira, que atende no Centro de Promoção da Saúde (CPS) de Belo Horizonte, fala sobre a doença e repassa algumas orientações aos beneficiários. 

..

Ir ao Pronto-socorro nem sempre é a melhor opção


Metade da população brasileira procurou um pronto-socorro ou pronto-atendimento em 2016, mas pouco mais de 10% foram encaminhados para internação. Os dados revelados por uma pesquisa feita pelo Ibope, a pedido do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), mostram que as pessoas procuram esses locais não somente em casos de urgência e emergência, conforme recomendado pela legislação.

Como consequência, é comum formarem-se longas filas de espera nos estabelecimentos que oferecem assistência imediata, e isso impacta negativamente a saúde dos pacientes. São ambientes que recebem muitos doentes e concentram alto risco de contaminação. Além disso, os profissionais que trabalham nesses locais são capacitados para atendimentos de urgência e emergência e diagnósticos não considerados graves podem ficar incompletos”, explica a Dra. Regina Celi Serra Costa, Superintendente Técnica da FUNDAFFEMG. 

 

Os beneficiários do FUNDAFFEMG-Saúde que necessitam de atendimento em pronto-socorro ou pronto-atendimento podem procurar um dos hospitais credenciados ao Plano. Para aqueles que desejam agendar consultas sem muita espera, a operadora possui Centros de Promoção da Saúde (CPS) em Belo Horizonte, Juiz de Fora e Uberaba. Em Belo Horizonte, profissionais de 16 especialidades atendem no local e atuam de forma integrada para entender as necessidades de cada paciente e corrigir tratamentos completos.

 

Importante saber: 

Situações de Emergência: implicam em risco imediato de morte 

  • Parada cardiorrespiratória
  • Infarto agudo do miocárdio
  • Edema agudo nos pulmões
  • Arritmias cardíacas
  • AVC
  • Crise convulsiva
  • Hemorragias
  • Perda da consciência
  • Afogamentos
  • Choques elétricos  

Situações de Urgência: demandam assistência rápida, no menor tempo possível, evitando complicações e sofrimento   

  • Fortes dores abdominais
  • Dores de cabeça repentinas
  • Febre que não melhora com remédios
  • Dor renal
  • Vômitos repetidos
  • Cortes ou ferimentos profundos
  • Fraturas sem lesão de pele
  • Outros quadros com características que impossibilitem o deslocamento do paciente 

   

 

Todas as pessoas que procuram os serviços de emergência e urgência são atendidas – uma triagem é feita para conferir a gravidade dos sintomas e os casos mais graves são priorizados. Seja claro em relação ao seu quadro e não omita informações.

 

 

Fonte: Hospital Albert Einstein

..........................................................................................................................................
 [volta página anterior]
 
 
Receba nosso

Boletim Eletrônico


.............................................................................................................................................................................................
Rua Sergipe, 893 . Savassi - BH/MG - CEP:30130-171 . Telefone (31)2103-5858