FUNDAFFEMG - Fundação AFFEMG de Assistência e Saúde

Quando o excesso se torna um transtorno

Em que ponto comprar demais, comer muito ou jogar videogame em excesso pode se tornar um problema? Todo cuidado é pouco quando se trata de prevenir um comportamento que pode trazer graves prejuízos à saúde: a compulsão.

Cuidado com o peso das mochilas escolares

A cada ano que passa, aumenta o peso que crianças e adolescentes carregam, literalmente. À medida que as disciplinas escolares se diversificam, cresce a quantidade de objetos na mochila, assim como as responsabilidades. Cadernos, livros, lanche e outros materiais escolares, que devem ser levados todos os dias, acabam por representar um risco à saúde dos estudantes. O motivo? A carga que ombros, braços e costas precisam suportar.

Preparação para a chegada do bebê

Em junho de 2019, a vida da assistente social Karina Siqueira mudou completamente. O motivo da transformação tem um nome: Bernardo. O recém-nascido chegou ao mundo de forma planejada e com muita saúde. Para a mãe de primeira viagem, foi importante ter o apoio familiar e médico durante a gravidez, que lhe deu segurança e tranquilidade. “Foi fundamental contar com a assistência da FUNDAFFEMG durante todo o pré-natal”, diz.

O caráter solidário da FUNDAFFEMG

A FUNDAFFEMG é um plano de autogestão, pois está vinculado a uma categoria profissional e não possui fins lucrativos. Isso leva a um modo de funcionar específico, em que se destaca a solidariedade: os beneficiários compartilham entre si os custos provenientes do atendimento médico-hospitalar do grupo, em um sistema de mútua ajuda, o de rateio, conforme definido em regulamento próprio.

..

Organize-se para uma boa consulta médica


Ter uma consulta de qualidade é responsabilidade apenas do médico? A resposta é "não". Contar com um profissional especializado é importante, mas o beneficiário também precisa adotar uma atitude mais proativa quanto à sua saúde. Mas, qual o papel de quem se senta do outro lado da mesa do consultório? Segundo o projeto Sua Saúde, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), o beneficiário deve colocar em prática orientações distintas em três momentos: antes, durante e depois da consulta.


Antes

Ao se preparar para ir ao médico, é importante detalhar todos os sintomas e suas características. Para que nada seja esquecido, a dica é anotar tudo em um papel. Também é essencial levar exames que tenha realizado recentemente e todos os medicamentos em uso. Se está em tratamento com outro especialista, essa informação deve ser registrada.

 

Durante

Na consulta, é preciso relatar todos os detalhes da evolução do quadro em que se encontra: quando começou a se sentir mal, quais sintomas apareceram primeiro e o que fez para tentar contorná-los. É crucial responder com clareza às perguntas do médico e não deixar de especificar seus hábitos de vida e suas preocupações.

Caso o profissional de saúde peça exames, o beneficiário pode e deve se informar sobre benefícios, contraindicações e efeitos colaterais. Quando receber o diagnóstico e indicação de tratamento, o beneficiário deve saber todos os detalhes da opção sugerida pelo médico. Pergunte qual sua duração, se a alternativa escolhida tem boa taxa de sucesso e o que precisa observar para constatar uma melhora. Também questione se há outras opções de tratamento e, ainda, para não se esquecer dos detalhes dessa conversa, anote as principais informações.

 

Depois

É importante verificar se foi estabelecida uma data de retorno e comparecer no dia correto. Também fique atento à evolução do quadro clínico e, se não houver melhora, procure novamente o seu médico. Adote, ainda, a autocrítica e o autocuidado: pense naquilo que você pode fazer para contribuir com o sucesso do tratamento. Dessa forma, você faz sua parte para garantir sua saúde.

..........................................................................................................................................
 [volta página anterior]
 
 
Receba nosso

Boletim Eletrônico


.............................................................................................................................................................................................
Rua Sergipe, 893 . Savassi - BH/MG - CEP:30130-171 . Telefone (31)2103-5858