FUNDAFFEMG - Fundação AFFEMG de Assistência e Saúde

Mamografia: exame que salva vidas

A mulher conta com um aliado na luta contra o câncer de mama. Trata-se do exame, que, dada a sua importância, possui até um dia dedicado a ele: o Dia Nacional da Mamografia, lembrado em 5 de fevereiro. A data foi instituída em 2008 no Brasil para sensibilizar a população sobre o tema. E o alerta é necessário: a cobertura mamográ­fica no país está longe de alcançar os patamares indicados pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A recomendação é que ao menos 70% das mulheres entre 50 e 69 anos realizem periodicamente o exame. Mas, em 2017, apenas 24,1% da população feminina nessa faixa etária fez a mamogra­fia – o pior índice nos últimos cinco anos.

A luta das mulheres está só começando

 

Ser mulher ainda é um desa­fio no Brasil e no mundo. É por isso que a data dedicada a elas, o Dia da Mulher (8 de março), tem se tornado um momento para comemorar avanços, mas também para colocar em pauta os desafios relacionados ao gênero.

Dengue, zika e chikungunya: saiba suas diferenças e como evitar as doenças

Verão é sinônimo de altas temperaturas e grande volume de chuvas, ideais para a proliferação do mosquito urbano que quase todo brasileiro conhece: o Aedes aegypti, causador da dengue, zika e chikungunya. De forma geral, as doenças provocam febre, dores de cabeça e nas articulações, além de enjoo e manchas pelo corpo. Mas há diferenças importantes que influenciam no tratamento de cada uma.

Fique atento: alguns exames e procedimentos demandam autorização prévia

O Carnaval está logo aí. Caso você tenha algum exame ou procedimento a ser realizado neste período e que demande autorização prévia, adiante-se e solicite a autorização para a Fundaffemg até 28/02/2019.

..

Tempo de férias, época de brincadeiras


Fim de ano, início do verão e das férias escolares. O período de descanso das crianças pode ser utilizado pelos pais para o incentivo ao ato de brincar, hábito importante para estimular o desenvolvimento psicomotor dos pequenos. 

Segundo os especialistas, a atitude potencializa as habilidades cognitivas, emocionais, sociais e fonéticas. Para o pediatra Dr. Waldemar Savassi, que atende no CPS, é essencial que os pais reservem um tempo para estar com seus filhos durante as férias. “O ideal é que a família programe alguns dias de descanso para viajar ou realizar as atividades preferidas das crianças. É um momento para estimular essa convivência mais próxima”, diz.


CUIDADOS COM A INTERNET
Para o pediatra, um dos maiores riscos das férias é o aumento do tempo de internet e da possibilidade de contato com conteúdos impróprios para a idade. Por isso, a recomendação é que os pais aproveitem a oportunidade para conhecer o que seus filhos mais gostam de fazer no mundo virtual. “É essencial limitar o uso da internet para até duas horas por dia”, afirma.

No lugar dos eletrônicos, estimule outros programas e brincadeiras. Organize idas ao cinema, teatro e parques. Faça caminhadas e ande de bicicleta com a criança. A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) defende que as atividades ao ar livre devem ser realizadas pelo menos três vezes por semana.

Dr. Savassi ressalta que o mais importante é que os pais interajam com os filhos. “Estimule a leitura e faça sessões de contação de histórias em casa, comentando os aprendizados de cada fábula. Se tiver pouco tempo com as crianças, aproveite para participar de jogos que estimulem o raciocínio lógico”, orienta.

Algumas dicas para movimentar as férias das crianças:
JOGOS DE TABULEIRO: Uma ótima oportunidade para envolver toda a família é convidá-la a participar de jogos de tabuleiro. Procure alternativas que contribuam para o desenvolvimento do raciocínio lógico e da memória.

ACAMPANDO EM CASA: Não dá para viajar? Sem problemas, dá para se divertir em casa mesmo, brincando de acampar: com dois ou três lençóis e algumas cadeiras, a barraca fica garantida. Dentro dela, coloque tapetes, almofadas, livros e brinquedos preferidos. Está pronto um cantinho para ler e brincar com as crianças.

TEATRO: Um grande estímulo à imaginação! Incentive as crianças a criar uma história bem legal, com personagens e diálogos. Nem todos precisam escrever: alguns podem desenhar o cenário, e outros podem escolher as roupas que vão ser usadas – lenços, perucas, sapatos e máscaras, por exemplo. A turma deve ensaiar e, depois que tudo estiver decorado, é só fazer maquiagens bem legais e convidar parentes e vizinhos para assistir ao espetáculo.
 

 

..........................................................................................................................................
 [volta página anterior]
 
 
Receba nosso

Boletim Eletrônico


.............................................................................................................................................................................................
Rua Sergipe, 893 . Savassi - BH/MG - CEP:30130-171 . Telefone (31)2103-5858