FUNDAFFEMG - Fundação AFFEMG de Assistência e Saúde

O caráter solidário da FUNDAFFEMG

A FUNDAFFEMG é um plano de autogestão, pois está vinculado a uma categoria profissional e não possui fins lucrativos. Isso leva a um modo de funcionar específico, em que se destaca a solidariedade: os beneficiários compartilham entre si os custos provenientes do atendimento médico-hospitalar do grupo, em um sistema de mútua ajuda, o de rateio, conforme definido em regulamento próprio.

Receitas saudáveis para curtir na temporada mais fria do ano

Em julho, o nosso perfil do Instagram trouxe para os seguidores uma seleção de receitas de pratos especiais para o frio. Além de deliciosas, as sugestões são saudáveis e práticas de se preparar. 

 

Mês de luta contra uma doença silenciosa

O mês de julho tem uma cor especial e é dedicado a uma luta importante: em 2019, o governo brasileiro instituiu o Julho Amarelo, movimento para reforçar o combate contra as hepatites virais. O que se busca é envolver a população na prevenção e diagnóstico precoce da doença, caracterizada pela inflamação no fígado. Ela pode ser causada por vírus, por enfermidades autoimunes, metabólicas e genéticas e pelo uso de remédios, álcool e outras drogas.

 

 

É hora de parar de fumar

O perigo é real. Segundo estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS), o tabagismo causou a morte de 100 milhões de pessoas no século 20.

..

Tem novidade na promoção e prevenção da saúde  


Imagine contar com equipes especializadas dedicadas a orientar como manter a saúde e prevenir doenças, além de estimular o autocuidado e os bons hábitos. São esses os principais objetivos do Serviço de Medicina Preventiva (SEMPRE), da FUNDAFFEMG, que tem novidades em 2019: a reformulação do programa voltado aos beneficiários com diabetes, o Doce Vinda, e a criação de um novo grupo para os idosos, o Cuidar. “O eixo orientador das atividades é garantir a continuidade da atenção. Esse cuidado é longitudinal, começa e não tem data para terminar.

Por isso, uma forma de garantir essa sequência é criar grupos de monitoramento”, explica Flávia Alves, gestora do SEMPRE. Neste ano, o foco é a promoção do bem-estar de beneficiários por meio de atividades multidisciplinares. O Doce Vinda tem a proposta de garantir apoio a pessoas que têm diabetes, de acordo com as necessidades de cada uma. Além das consultas com endocrinologistas, nutricionistas e outros profissionais, o Doce Vinda conta com o apoio de clínica parceira de Oftalmologia e oferecerá atividades físicas.

“A proposta é tratar do beneficiário como um todo, não só a diabetes. Queremos contribuir para que ele cuide de sua saúde”, explica Flávia. Além dos benefícios ao bem-estar, quem participa do Doce Vinda tem como uma das contrapartidas pela efetiva adesão a isenção da coparticipação das consultas.

Para selecionar os participantes do grupo, a equipe do SEMPRE realizou levantamento com mais de 700 prontuários do Centro de Promoção da Saúde (CPS). Desse total, foram escolhidos 85 pacientes. A diabetes foi o foco de atenção, porque ainda é uma das cinco doenças que mais matam brasileiros, segundo dados do Ministério da Saúde.

 

Apoio familiar

Outro grupo que vai iniciar suas atividades em 2019 é o Cuidar, direcionado para idosos, com a proposta de realizar o monitoramento desse público e de suas famílias. No primeiro momento, 65 beneficiários participam das atividades, que incluem consultas com geriatra e a definição de protocolos de ação completamente personalizados. “Nossa meta é garantir o apoio aos idosos que estão com risco de um adoecimento muito grande e fazer com que haja uma regressão do quadro”, explica Flávia.

Outro eixo de trabalho do Cuidar é a educação familiar, que vai desde o apoio e fortalecimento da família até a realização de consultas em grupo com equipes multidisciplinares. A ideia é garantir que haja mais envolvimento dos parentes mais próximos e maior comprometimento no cuidado do idoso. “Há uma diferença muito grande entre aqueles que possuem esse auxílio e os que não têm. Quando a família está envolvida, o paciente tem alimentação mais adequada, toma os remédios nos horários, tem menos risco de queda e responde melhor ao tratamento”, completa a gestora.

..........................................................................................................................................
 [volta página anterior]
 
 
Receba nosso

Boletim Eletrônico


.............................................................................................................................................................................................
Rua Sergipe, 893 . Savassi - BH/MG - CEP:30130-171 . Telefone (31)2103-5858