FUNDAFFEMG - Fundação AFFEMG de Assistência e Saúde

Quando o excesso se torna um transtorno

Em que ponto comprar demais, comer muito ou jogar videogame em excesso pode se tornar um problema? Todo cuidado é pouco quando se trata de prevenir um comportamento que pode trazer graves prejuízos à saúde: a compulsão.

Cuidado com o peso das mochilas escolares

A cada ano que passa, aumenta o peso que crianças e adolescentes carregam, literalmente. À medida que as disciplinas escolares se diversificam, cresce a quantidade de objetos na mochila, assim como as responsabilidades. Cadernos, livros, lanche e outros materiais escolares, que devem ser levados todos os dias, acabam por representar um risco à saúde dos estudantes. O motivo? A carga que ombros, braços e costas precisam suportar.

Preparação para a chegada do bebê

Em junho de 2019, a vida da assistente social Karina Siqueira mudou completamente. O motivo da transformação tem um nome: Bernardo. O recém-nascido chegou ao mundo de forma planejada e com muita saúde. Para a mãe de primeira viagem, foi importante ter o apoio familiar e médico durante a gravidez, que lhe deu segurança e tranquilidade. “Foi fundamental contar com a assistência da FUNDAFFEMG durante todo o pré-natal”, diz.

O caráter solidário da FUNDAFFEMG

A FUNDAFFEMG é um plano de autogestão, pois está vinculado a uma categoria profissional e não possui fins lucrativos. Isso leva a um modo de funcionar específico, em que se destaca a solidariedade: os beneficiários compartilham entre si os custos provenientes do atendimento médico-hospitalar do grupo, em um sistema de mútua ajuda, o de rateio, conforme definido em regulamento próprio.

..

Saiba quais são e como evitar as doenças do inverno


O inverno começa em 21 de junho, mas, na prática, as frentes frias que derrubam as temperaturas, principalmente nas regiões Sul e Sudeste, já estão a todo vapor. Para se sentirem mais confortáveis nesse período, muitas pessoas abrem o armário em busca de um bom casaco, ao mesmo tempo em que fecham portas e janelas. O resultado? Maior incidência de algumas doenças.

As infecções, viroses e crises alérgicas costumam ocorrer com mais frequência nesta época do ano pela associação de dois fatores. Um deles é o tempo seco – comum no inverno –, que faz com que o ar fique mais carregado de partículas, podendo facilitar a inalação de vírus, bactérias ou agentes causadores de alergias. Já a aglomeração em ambientes fechados aumenta o índice de transmissão dessas enfermidades, que costumam passar de uma pessoa para outra muito facilmente.

Resfriado, gripe, rinite e sinusite são algumas das doenças mais frequentes nesta época. Os sintomas mais comuns são coriza, dores no corpo, dor de cabeça e febre. O tratamento varia de acordo com o agente causador de cada uma delas e inclui o uso de analgésicos e antitérmicos, além de alimentação equilibrada e ingestão de muita água.

Outra doença que também pode ocorrer com mais frequência no inverno é a pneumonia. A enfermidade, que é a mais grave, pode ser causada por vírus, bactérias ou fungos. Neste caso, é essencial que o paciente procure apoio médico.

 

Prevenção em 6 passos

Pode parecer inevitável ficar doente no inverno, mas não é. Confira seis dicas para passar com saúde pela estação.

1.       Quando estiver em ambientes fechados, abra janelas e portas para deixá-los bem arejados. Também prefira atividades ao ar livre.

2.       Fique atento à higienização das mãos. Lave-as sempre que possível, principalmente depois de transitar por locais com grande circulação de pessoas.

3.       Não se esqueça da água! A recomendação é ingerir pelo menos dois litros por dia, principalmente durante o período seco.

4.       Siga praticando atividades físicas regularmente. O exercício ajuda a manter o metabolismo ativo, o que pode ser essencial no combate às doenças.

5.       Mantenha a umidade do ar em sua casa. Para isso, use um umidificador.

6.       Caso sinta algum desconforto (tosse, dor de cabeça, coriza etc.), consulte um especialista em vez de ir a um pronto-socorro.

Fontes: Ministério da Saúde, Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia e Sociedade Brasileira de Pediatria

..........................................................................................................................................
 [volta página anterior]
 
 
Receba nosso

Boletim Eletrônico


.............................................................................................................................................................................................
Rua Sergipe, 893 . Savassi - BH/MG - CEP:30130-171 . Telefone (31)2103-5858