FUNDAFFEMG - Fundação AFFEMG de Assistência e Saúde

 Mais eficiência para falar com você

Atender bem é uma prioridade da FUNDAFFEMG. Por isso, um novo sistema de gestão foi implantado recentemente, permitindo a geração de protocolos sempre que os canais de atendimento do plano são acionados. Ou seja, se um beneficiário ou um credenciado ligou para nossa equipe, receberá um número referente àquele contato.

Ir ao Pronto-socorro nem sempre é a melhor opção

Metade da população brasileira procurou um pronto-socorro ou pronto-atendimento em 2016, mas pouco mais de 10% foram encaminhados para internação. Os dados revelados por uma pesquisa feita pelo Ibope, a pedido do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), mostram que as pessoas procuram esses locais não somente em casos de urgência e emergência, conforme recomendado pela legislação.

 O caráter solidário da FUNDAFFEMG

A FUNDAFFEMG é um plano de autogestão, pois está vinculado a uma categoria profissional e não possui fins lucrativos. Isso leva a um modo de funcionar específico, em que se destaca a solidariedade: os beneficiários compartilham entre si os custos provenientes do atendimento médico/hospitalar do grupo, em um sistema de mútua ajuda, o de rateio, conforme definido em regulamento próprio.

 Você contribui para o desenvolvimento do seu filho?

Desde o nascimento do bebê até o início da vida adulta, presença familiar é determinante para o crescimento pleno da criança e do jovem. Como explica a gestora do SEMPRE, Flávia Alves, os pais têm o poder de contribuir para que seus filhos desenvolvam habilidades cognitivas, sociais e emocionais. “Por isso que muitos pesquisadores buscam entender melhor essa influência e propor caminhos para garantir a presença da família nesse importante processo”.

..

Hora de dormir irregular pode prejudicar aprendizado na primeira infância


Pesquisa britânica acompanhou 11 mil crianças por sete anos e constatou que a falta de regularidade na hora de ir dormir pode trazer impactos cumulativos no desempenho escolar. Especialistas ressaltam que é importante entender as causas da dificuldade de ir para cama

Publicada em: 24/07/2013

 

A hora de dormir pode ser complicada para muitas famílias com filhos pequenos. A brincadeira está muito boa ou o filme passando na TV ainda não acabou são algumas das desculpas que frequentemente são utilizadas pelos pequenos que se recusam a deitar. No entanto, pesquisadores britânicos deram a pais de todo o mundo mais um motivo para estabelecer uma rotina noturna com seus filhos. Divulgada no início do mês, pelo Journal of Epidemiology and Community Health, a pesquisa realizada por pesquisadores da University College of London identificou que crianças sem um horário regular para dormir podem ter problemas com a aprendizagem.

O estudo acompanhou 11 mil crianças no Reino Unido, submetendo as crianças à testes cognitivos de leitura, matemática e percepção espacial sempre que elas completavam 3, 5 e 7 anos. O resultado constatou que na primeira faixa etária garotos e garotas, de três anos, com horários irregulares de dormir registraram pontuações mais baixas nas três categorias - sugerindo aos pesquisadores que durante essa idade as crianças têm mais sensibilidade cognitiva.

 

A hora de dormir pode ser complicada para muitas famílias com filhos pequenos. A brincadeira está muito boa ou o filme passando na TV ainda não acabou são algumas das desculpas que frequentemente são utilizadas pelos pequenos que se recusam a deitar. No entanto, pesquisadores britânicos deram a pais de todo o mundo mais um motivo para estabelecer uma rotina noturna com seus filhos. Divulgada no início do mês, pelo Journal of Epidemiology and Community Health, a pesquisa realizada por pesquisadores da University College of London identificou que crianças sem um horário regular para dormir podem ter problemas com a aprendizagem.

O estudo acompanhou 11 mil crianças no Reino Unido, submetendo as crianças à testes cognitivos de leitura, matemática e percepção espacial sempre que elas completavam 3, 5 e 7 anos. O resultado constatou que na primeira faixa etária garotos e garotas, de três anos, com horários irregulares de dormir registraram pontuações mais baixas nas três categorias - sugerindo aos pesquisadores que durante essa idade as crianças têm mais sensibilidade cognitiva.

 

Fatores subjetivos
A psicanalista e professora da Faculdade de Educação da UFMG, Ana Lydia Santiago, explica que a dificuldade de fazer as crianças terem uma rotina noturna pode ser causada por uma série de fatores e pode ser muito subjetiva.

Um dos motivos mais comuns é a que, com a rotina atarefada do dia a dia, é geralmente durante a noite que as famílias ficam reunidas. “Em alguns casos, os pais chegam muito tarde em casa e as crianças querem ficar com eles, mas elas têm que ir dormir na hora em que todo mundo está acordado”, comenta.

Uma dica que o presidente da Fundação Nacional do Sono e psiquiatra com especialização em distúrbios do sono Dirceu Valladares dá para que as crianças se adaptem a um horário de dormir é diminuir os estímulos. Segundo ele, o organismo humano precisa de ritmicidade. “Quanto mais você repete mais você desenvolve a habilidade de redução de consumo de energia”, diz.

Criar uma rotina de atividades para o final do dia, por exemplo, ajuda o organismo da criança se adaptar e se preparar para o sono. No entanto, a rotina deve ser adota por toda a família. De acordo com o especialista, criando o clima para a hora de dormir, diminuindo estímulos, como as luzes pela casa, a criança vai se acomodando com a situação de forma rotineira.

 

Outra explicação pode ser o terror noturno. “Muitas crianças enrolam para ir para a cama porque têm medo de dormir ou medo de pesadelos e isso é uma coisa que precisa ser tratada, mas os pais têm que saber identificar. É importante investigar cada caso porque as causas são multifatoriais”, afirma Ana Lydia.

Falta de qualidade e quantidade
Ainda segundo Dirceu Valladares estão surgindo novas síndromes relacionando o tempo de dormir das crianças e a qualidade do sono assim como estudos que sugerem que os horários irregulares de dormir afetam o desenvolvimento delas. “Tanto na criança quanto no adulto, a falta de quantidade e qualidade do sono atrapalham a atividade produtiva, a destreza, a rapidez. Só de dormir duas horas a menos a pessoa já vai ter alterações cognitivas e nos reflexos”, explica.

O médico ressalta que a criança que não dorme direito não vai se desenvolver em plenitude e não fica atenta da forma mais ampla e harmônica. “O hormônio do crescimento é praticamente produzido enquanto a gente dorme, assim como a regeneração do sistema neurológico”, pontua.

 

Fonte: http://sites.uai.com.br/app/noticia/saudeplena/noticias/2013/07/23/noticia_saudeplena,144053/hora-de-dormir-irregular-pode-prejudicar-aprendizado.shtml

..........................................................................................................................................
 [volta página anterior]
 
 
Receba nosso

Boletim Eletrônico


.............................................................................................................................................................................................
Rua Sergipe, 893 . Savassi - BH/MG - CEP:30130-171 . Telefone (31)2103-5858