FUNDAFFEMG - Fundação AFFEMG de Assistência e Saúde

 Novos membros no Conselho Curador

 No dia 14 de junho, os Auditores Fiscais de Tributos Estaduais José Luiz de Lima, Mônica Schusterschitz da Silva Araujo e Vera Maria Sampaio Teixeira Zambelli Loyola tomaram posse como membros suplentes do Conselho Curador da FUNDAFFEMG. Eles substituíram Arnaldo Tadeu Guimarães, Fabrício Franco de Souza e Leonardo Augusto Rodrigues Borges. 

Como funciona a Assistência Domiciliar?

Segundo a Resolução nº 01/2016 do Conselho Curador da FUNDAFFEMG, a Assistência Domiciliar (PAD) é o conjunto de atividades de caráter ambulatorial, programadas e  continuadas, realizadas em domicílio, que visam cuidar da saúde do beneficiário acamado ou restrito ao leito e/ou cronicamente enfermo, com limitações para deambular ou funcionalmente dependente, mediante suporte familiar efetivo. A finalidade é maximizar o nível de independência do paciente, atuando de forma preventiva e curativa. Separamos alguns artigos do documento que está disponível na íntegra aqui.

Cuide dos seus olhos

Oitenta por cento de todas as informações que recebemos pelo cérebro chegam por meio da visão. Por esse e outros motivos os cuidados com a saúde ocular são fundamentais. Para se ter uma ideia, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), entre 60% e 80% dos casos de cegueira são evitáveis e tratáveis

 FUNDAFFEMG completa 33 anos

Há 33 anos, Sinval Pereira da Silva percebeu que a classe fiscal de Minas Gerais precisava de um serviço de saúde de qualidade e, depois de assumir a vice-presidência da AFFEMG, contratou dois médicos para atender o público. Ele notou que seriam necessários aprimoramentos e, juntamente, com sua equipe, começou a realizar visitas técnicas a hospitais e consultórios para iniciar a rede de credenciados. Nascia aí o Plano AFFEMG-Saúde, com apenas 263 beneficiários. 

..

Esmaltes para unhas podem causar alergia 


 O Brasil destaca-se, mundialmente, como o segundo maior consumidor de esmaltes. Mas o uso contínuo de alguns desses produtos pode levar, ao longo do tempo, ao desenvolvimento de reações alérgicas no organismo.

Ao comprar esmaltes, o consumidor deve ficar atento. Na hora da compra, verifique atentamente todas as informações que constam no rótulo do produto e na bula. Não compre produtos de procedência duvidosa que geralmente são encontrados em sites de compra coletiva, clubes de desconto ou quaisquer outros meios que disponibilizem produtos com preço muito inferior à média do mercado.

Atualmente, muitos esmaltes passaram a ter em seus frascos o ‘carimbo’ 3FREE. Isso significa que o produto é livre de três substâncias químicas que podem desencadear efeitos alergênicos e que são permitidas pela Anvisa. Essas substâncias são:

• DBP (dibutilftalato): utilizado como plastificante, para dar mais brilho aos esmaltes. O DBP pode ser absorvido pela pele e, de forma geral, se inalado ou ingerido continuamente, pode ocasionar os seguintes sintomas: irritação nas pálpebras, vermelhidão e descamação da pele.

•Tolueno: solvente utilizado para melhorar a aplicação e a secagem rápida do
esmalte. O seu uso no Brasil está em conformidade com o que é adotado na
Europa.
• Formol (formaldeído): um dos principais causadores de alergia. Confere maior durabilidade e fixação ao esmalte.

Muitas mães costumam receber pedidos insistentes das meninas para colorir as unhas. O uso deve ser limitado e esporádico. Crianças menores de dois anos, por exemplo, não devem usar. Como estão na fase oral, as mãos ficam em contato com a boca e a ingestão do produto pode ser prejudicial.

Para as meninas que já são um pouco mais velhas, a sugestão é o uso de produtos especiais para crianças (que são retirados com água e sabão) ou hipoalérgicos. Tirar cutícula também não é recomendado. As crianças têm muito contato com sujeira e terra e a cutícula é uma proteção importante.

Vale destacar que todo cosmético deve ter registro na Anvisa, que pode ser consultado no portal www.anvisa.gov.br. 

(Fonte - Ministério da Saúde)

..........................................................................................................................................
 [volta página anterior]
 
 
Receba nosso

Boletim Eletrônico


.............................................................................................................................................................................................
Rua Sergipe, 893 . Savassi - BH/MG - CEP:30130-171 . Telefone (31)2103-5858